SAIBA O MAL DO SECADOR E CHAPINHA PRO SEU CABELO

A busca pelo cabelo impecável pede algumas loucuras de vez em quando. A praticidade e os avanços tecnológicos se tornam cada vez mais aliados da beleza. A fim de garantir o visual perfeito, a população feminina aderiu ao costume do secador e da chapinha para finalizar o look. A rotina que faz a cabeça das mulheres pode ser um erro fatal aos fios.

O uso frequente do secador seguido da prancha modeladora danifica o cabelo devido à alta temperatura dos aparelhos, até 200ºC. Por isso, é importante dar um intervalo de dois dias no uso para preservar a hidratação e o brilho dos fios. “O uso do aparelho se tornou tão comum, que as mulheres não imaginam o tamanho do problema que ele pode causar. Uma dica é usá-lo alternando os dias e com certa distância para não queimar o cabelo”, afirma o cabeleireiro Wilson Soares.

Para aquelas que não abrem mão do efeito liso, a opção é usar produtos antitérmicos antes de usar o aparelho. Isso minimiza os danos. “Os produtos finalizadores tem função termo protetora, que forma uma película em volta do cabelo. Essa proteção faz com que o calor não retire a umidade natural do fio e deixe-o com uma estrutura saudável”, explica a coordenadora técnica da Wella, Alessandra Meder.

Além dos protetores, máscara de hidratação, reparador de pontas, shampoo anti-resíduos, podem ser uma boa opção na finalização do penteado, hidratando os fios das agressões. Para aquelas que têm o cabelo fino, é importante evitar ao máximo a prancha. “O cabelo fino é muito sensível a alta temperatura. O uso acaba com a umidade do cabelo deixando-o completamente ressecado. Já as mulheres com cabelo grosso não precisam se preocupar, mas é sempre bom moderar no uso”, alerta Wilson.

A chapinha, vista como vilã por muitos cabeleireiros deve ser usada com o cabelo totalmente seco, para que não haja choque de temperatura e consequentemente ruptura dos fios. Essa proteção evita que os cabelos fiquem ressecados, quebradiços e sem vida.

Depois do longo uso de secadores e pranchas, é normal que o cabelo fique rebelde, com frizz e quebradiço. A dica é procurar um especialista e garantir tratamento intensivo. As opções são várias: máscaras hidratantes, cauterização, ampolas nutritivas, reconstrução à base de queratina, proteína e aminoácido. Assim, é possível hidratar o cabelo e devolver a saúde aos fios.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário